Europa Mediterrâneo

Dia 1 Chegada a Lisboa

Chegada no aeroporto de Lisboa, recepção por pessoal especializado e traslado para o hotel. Hospedagem. Tempo livre para os primeiros contatos com esta linda cidade, situada na margem norte do Rio Tejo, a poucos quilômetros do Atlântico. Lisboa ocupa um lugar muito especial entre as capitais europeias. A cada passo, o visitante depara com memórias de um longo passado nacional e europeu que mantém com o presente uma forte ligação. Um estilo de vida moderno começa a caracterizar esta cidade rica em tradição. Ao contrário de tantas outras grandes cidades da Europa, Lisboa e os seus habitantes souberam preservar uma notável autenticidade. Por outro lado, a vista do Tejo, do Atlântico, das praias, da costa escarpada, da serra e da luxuosa natureza, fazem da capital portuguesa uma das mais belas cidades europeias. Sugerimos uma visita ao Castelo de São Jorge e ao Parque das Nações, local onde se efetuou a Expo’98, com o seu Oceanário (um dos maiores do mundo).

Dia 2 Lisboa

Café da manhã. Pela manhã, visita pela cidade, incluindo a Praça Marquês de Pombal, Avenida da Liberdade, Praça dos Restauradores, com o seu obelisco comemorativo da restauração da independência portuguesa, Praça do Rossio (o coração da cidade), Baixa Pombalina, bairro comercial reconstruído após o terremoto, Praça do Comércio, uma das mais bonitas da cidade, Mosteiro dos Jerônimos, construído no séc. XVI por ordem de D. Manuel I (visita da sua belíssima igreja de estilo manuelino), Torre de Belém, fortaleza construída no séc. XVI e que é hoje o emblema turístico da capital portuguesa, Padrão dos Descobrimentos, monumento construído em 1960 no local de onde partiram as caravelas de Pedro Álvares Cabral e de Vasco da Gama para suas grandes viagens de descobrimentos. Tarde livre em que sugerimos visita a Sintra, Cabo da Roca, Cascais e Estoril (opcional). À noite, sugerimos um jantar numa típica Casa de Fados, ao som da música tradicional portuguesa e com danças folclóricas do país (opcional). Em Lisboa tem um bar muito original, o Pavilhão Chinês. Não perca!

Dia 3 Lisboa / Madri

Partida após o café da manhã, pela majestosa ponte sobre o Rio Tejo e viagem, através do Alentejo, considerado o “celeiro de Portugal” e também região produtora de azeite e cortiça. Saída de Portugal próximo à cidade de Elvas e entrada na Espanha pela Fronteira do Caia. Prosseguimento para Madri. Chegada a esta belíssima e moderna cidade conquistada dos mouros em 939, pelo rei Ramiro II e que se tornou capital da Espanha no séc. XVI. Devido ao seu isolamento geográfico, só depois da chegada da linha férrea no séc. XIX, se tornou a maior cidade do país. Hospedagem. À noite sugerimos um espetáculo de dança clássica flamenca (opcional).

Dia 4 Madri

Após o café da manhã, visita panorâmica da cidade de Madri, percorrendo os seus principais bairros e monumentos: Praça de Espanha, com o monumento a Cervantes, Gran Via, a principal artéria comercial da cidade ladeada de belos edifícios, a Praça Cibeles, com a sua harmoniosa fonte dedicada à deusa grega da agricultura e fertilidade, o Passeio do Prado, com o seu famoso museu, a antiga estação ferroviária de Atocha, o Parque do Retiro, a Praça de Touros de Las Ventas, a mais bela de Espanha, o Passeio da Castellana, a principal avenida da cidade com os seus bonitos jardins e fontes, a Praça da Puerta del Sol e a Praça do Oriente (com o Palácio Real, o Teatro da Ópera e a estátua de Filipe IV). Tarde livre e possibilidade de efetuar uma excursão opcional à cidade fortificada de Toledo, antiga capital de Espanha que alcançou o seu apogeu nos séc. XIV e XV, e que hoje é considerada cidade-museu e Patrimônio Mundial pela UNESCO. Para um simpático jantar de “tapas” procure o Mercado de San Miguel. Vai adorar!

Dia 5 Madri / Zaragoza / Barcelona

Após o café da manhã, saída em direção ao norte atravessando o vasto planalto central, a “meseta”, coberto de campos de trigo, montanhas e desfiladeiros. As suas cidades estão impregnadas por um profundo sentido da história, que se reflete na arquitetura dos seus edifícios e nos castelos espalhados por toda a região. Chegada a Zaragoza, antiga capital do reino de Aragão um dos reinos mais poderosos que existiram na Península Ibérica. Tempo livre para almoçar e visitar a famosa Basílica da Virgem do Pilar, erigida no local onde Nossa Senhora teria aparecido duas vezes ao Apóstolo Santiago, sobre um pequeno pilar que ficou como testemunho e à volta do qual Santiago mandou edificar a primeira igreja que, mais tarde, foi transformada numa imponente basílica, cujo teto se encontra decorado com afrescos da juventude do famoso pintor Goya. De tarde, continuação através do planalto central, em direção à belíssima região da Catalunha; com um sentimento de nacionalidade própria, grande autonomia e uma língua própria – o catalão – que aparece com o castelhano nos nomes das localidades e placas rodoviárias da região. Chegada a Barcelona no fim da tarde. Hospedagem. Esta cidade é, não só um dos mais movimentados portos do Mediterrâneo, mas também capital da Catalunha, segunda maior cidade de Espanha e o seu principal centro industrial. Barcelona rivaliza com Madri como centro de cultura, de comércio e de esporte. Aqui se realizaram os Jogos Olímpicos de 1992.

Dia 6 Barcelona

Café da manhã e visita da capital catalã: a belíssima Catedral (entrada), cuja construção foi iniciada no séc. XIII, mas apenas terminada no séc. XIX, altura em que foi completada a fachada, as Ramblas, a movimentada avenida central da cidade, a Praça da Catalunha, com as suas belas fontes, Passeio de Gracia, avenida com comércio elegante que foi construída no séc. passado, as Casas Millá (La Pedrera) e Battló, obras primas de Gaudi, a Igreja da Sagrada Família, belo exemplar da arquitetura modernista de Gaudi, que trabalhou na sua construção até a data da sua morte, o Parque de Montjuich e o Estádio Olímpico. Tarde livre para passeios de gosto pessoal; sugerimos uma visita ao Pueblo Espanhol e ao Parque Guell, bonito jardim situado na região norte de Barcelona, decorado por Gaudi e que foi a sua obra mais colorida, hoje também Patrimônio Mundial (opcional). Após o passeio do Pueblo Espanhol e Parque Güell, o ônibus sairá do centro para o hotel. O Mercado “La Boqueria” nas Ramblas é uma paleta de cores, cheiros e sabores! Sinta-os!

Dia 7 Barcelona / Cannes

Café da manhã e partida pela região da Costa Brava, passando junto a Gerona e Figueras (terra natal de Salvador Dali), atravessando os Pirineus e entrando na França pela bela região do Midi. Continuação junto às cidades de Narbonne, Beziers, Montpellier (cidade universitária), Nîmes e Arles (onde viveu Van Gogh). Chegada à Cannes. Hospedagem.

Dia 8 Cannes / Nice / Mônaco / Pis

Após o café da manhã, passando em Nice, capital de “Côte d’Azur”, continuamos para o Principado de Mônaco, da família Grimaldi e do Príncipe Albert II. Aqui poderá reconhecer as belíssimas paisagens que o mundo admira: os maravilhosos jardins do Cassino, a Condamine – avenida do porto, das corridas de Fórmula 1, o cais com os seus luxuosos barcos ancorados, o Museu Oceanográfico Albert I, a cidade velha com as suas ruelas e pracinhas, contrastando com os altos e modernos edifícios, a pequena catedral neo-românica e o Palácio Real – uma verdadeira jóia medieval. O concorrido Render da Guarda mobiliza os turistas, atraídos também na esperança de ver alguém da Família Real aparecer para saudar o povo. De tarde, prosseguimento pela “Riviera dei Fiori”, na região da Ligúria, passando junto a San Remo e Gênova (terra natal de Cristóvão Colombo e principal porto de Itália) para Pisa; tempo livre para admirar o conjunto arquitetônico formado pelo Batistério, Catedral e a célebre Torre Inclinada. Hospedagem. A construção da Torre de Pisa demorou 117 anos!

Dia 9 Pisa / Siena / Roma

Após o café da manhã, continuação da viagem para Siena; visita de orientação desta bela cidade medieval, com especial destaque para a Praça “Il Campo” e a famosa Catedral. Prosseguimento pela região da Toscana e pela auto-estrada “del Sole” até Roma. Hospedagem e tempo livre. Em Siena foi rodado grande parte do filme 007 – Quantum of Solace!

Dia 10 Roma

Café da manhã. Sugerimos uma visita opcional aos Museus do Vaticano e Capela Sistina. Em seguida, visita da cidade de Roma, que se mostra com toda a sua grandeza histórica e monumental. Para comemorar o Jubileu da era cristã, a cidade realçou o seu tesouro artístico e apresenta os seus monumentos limpos do desgaste dos tempos e recuperados com esplendor. A visita mostra-nos a Cidade Eterna, com destaque para: Basílica de Santa Maria Maior, Coliseu, Arco de Constantino, Fórum Romano, Coluna de Trajano, Praça de Veneza, Vaticano e Basílica de São Pedro (entrada para admirar o seu interior, com destaque para a Pietá, belíssima escultura de Michelangelo). Tempo livre para visitas ou atividades a gosto pessoal. Para a noite, sugerimos um jantar típico romano com música italiana. Após o jantar opcional, o ônibus sairá do centro da cidade para o hotel.

Dia 11 Roma

Café da manhã e dia livre para atividades de caráter pessoal. Possibilidade de participação em vários passeios opcionais em Roma ou de excursão de dia inteiro à bela Ilha de Capri ou a Nápoles e Pompéia (visita das ruínas desta cidade soterrada pelas cinzas do Vesúvio no ano 79 d. C.). Não deixe de conhecer a Piazza di Spagna e o famoso Caffè Grecco!

Dia 12 Saída de Roma

Os serviços do hotel terminam com o café da manhã (o quarto poderá continuar ocupado até às 10 ou 12 horas, conforme as normas de cada hotel). Tempo livre até a hora do traslado ao Aeroporto. Feliz viagem de regresso

Compartilhar